REIGN, UMA SÉRIE DE ÉPOCA


Como sou totalmente apaixonada por séries, vim recomendar a minha favorita do momento.
Não sou a louca que ama a matéria de história - nada contra, mas não sou de humanas -, mas esses dias estava procurando uma série nova para assistir - porque eu sou uma acumuladora de séries que não termina de ver nenhuma, mas disfarça - e me deparei com essa bem diferente das que eu estou acostumada a assistir e pensei: por que não? Acabei me apaixonando pela série e vim compartilhar com você, então, sem mais enrolações vamos para um pequeno resumo que eu fiz dela, let's GO?

A série Reign – Reinado – se passa nos anos 1500 e conta a história de vida de Mary Stuart, uma moça de forte opinião e também rainha da Escócia.

Mary é noiva desde criança de Francis (príncipe da França), noivado o qual só aconteceu por conta de uma aliança entre a França e a Escócia para proteger ambos os países já que a França era inimiga da Inglaterra e a Escócia também, ambas seriam ótimas aliadas.

Ela se tornou rainha da Escócia em seus primeiros seis dias de vida, já que ela era a única herdeira ao trono e seu pai havia falecido. Foi escondida em um convento desde seus 9 anos de idade para sua própria segurança, mas é mandada de volta a Corte Francesa porque os ingleses fizeram uma tentativa de assassinato contra a mesma. Ela retorna para casar-se com o príncipe, casamento qual não irá acontecer se depender da rainha da França, Catherine, pois seu astrólogo, Nostradamus, havia previsto que essa união iria custar a vida de seu filho e também o país só iria selar essa aliança quando lhe fosse útil, ou seja, quando houvesse alguma guerra e a França precisasse do exército da Escócia.


Mary e Francis, na série, são aquele tipo de casal com muita química e nem tanto clichê assim. Aquele casal que a gente diz que nasceram um para o outro, sabe? Com problemas, mas também com soluções.
“O mundo pode estar sombrio, Mary, e incerto, e cruel. A única coisa que importa de verdade é que o enfrentaremos juntos. Não importa o que o futuro trará, você é a minha luz.”


Na série, o rei da França além de seus três filhos legítimos também tem outro filho, Sebastian - Bash -, que todos chamam de filho bastardo, pois é filho do rei com a amante que naquela época era até bem aceita por todos - viviam a esposa e a amante em um mesmo castelo -. Quando Mary volta para a corte começa aquele famoso triângulo amoroso, Sebastian começa a gostar dela e ela gosta dele, mas ama Francis - que corresponde a esse amor - confuso, não? E assim por diante a série vai se desenrolando cheia de escândalos, tragédias e romance.

A série, como eu disse, é uma das minhas favoritas e super recomendo, o enredo é ótimo e a trilha sonora nem se fala, muito amor. Estou amando muito ela - apesar de que vi sem querer um spoiler que acabou com meu emocional -. Me conta aqui nos comentários se você assiste ou vai assistir, vou adorar saber. Espero que tenha gostado, Big Beijos e até o próximo post.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.